Seja útil onde você pode ser mais útil.- Mis. Albert Inácio
(Burkina Faso)

Haiti

HISTÓRIA O Haiti é um país caribenho situado na América Central, situado na ilha de Hispaniola, no Mar do Caribe. Sua única fronteira terrestre é a leste com a República Dominicana. A independência nacional foi conquistada no dia 1° de janeiro de 1804, sendo a primeira república da América Latina a conseguir autonomia política.
Com extensão territorial de 27.750 quilômetros quadrados, o Haiti, sua população é de aproximadamente 11.121.830 milhões de habitantes.
A economia haitiana é pouco desenvolvida, sendo o setor primário o principal responsável pela captação de receitas financeiras. A instabilidade política do país dificulta a entrada de investimentos estrangeiros, essa situação fez com que a ONU interviesse na política nacional, sendo o Brasil responsável pela pacificação naquele país.
O país denomina-se em sua maioria cristão (95%), devido a forte influência do catolicismo romano. Entre 10 e 15% dos cristãos professos do Haiti são evangélicos. A Igreja Ortodoxa Oriental possui missões no Haiti. A Igreja Adventista do Sétimo Dia e o pentecostalismo também possuem seguidores significativos.
É muito comum a prática de Vodu no Haiti. Estima-se que 80% dos católicos do país praticam os rituais de vodu. Também conhecido como vodoo, esta religião de origem africana é também considerada a religião oficial do país desde 2003. Existe uma pequena comunidade muçulmana no Haiti, principalmente residente em Porto Príncipe e seus subúrbios. A história do Islã no Haiti começa com a escravidão no país.

MISSIONÁRIOS

Nossa Equipe Missionária

projetos no Haiti

CARTAS MISSIONÁRIAS

Haiti, 05 de abril de 2019.

Graça e paz irmãos!
É sempre com muita alegria que escrevo a vocês para compartilhar os feitos do Senhor. Prosseguimos avançando nesta missão que nos foi confiada com a ajuda e direção do Espírito Santo. Temos orado por estratégias e por alguns projetos, e Deus já tem respondido. Glórias a Ele! Dois projetos já estão em andamento e tomando forma. O primeiro, é da aula de música. Um missionário guatemalteco está ensinando violão a vinte e um adolescentes da igreja que congregamos aqui. O objetivo era iniciar na igreja mesmo e depois avançarmos para os orfanatos, e para a glória de Deus antes mesmo de expressarmos nosso desejo, em uma de nossas visitas, um pastor que é administrador de um dos orfanatos, compartilhou a necessidade de um professor de música, pois ele já tinha a guitarra, o baixo, o teclado e a bateria. Vamos dar início na próxima semana!!! Aleluia! E ficamos tão maravilhados porque Deus nos surpreendeu mais uma vez! Os alunos estavam estudando a teoria e orando pelos violões, pois sem eles não teriam como fazer a aula prática. E Deus já providenciou e enviou os recursos!!! Peço oração por todos os trâmites, pelo envio e pela retirada dos dez violões. O segundo projeto, é sobre uma alimentação saudável para combater a desnutrição. Durante esse tempo aqui, observamos que a alimentação dos orfanatos que trabalhamos, tem sido somente o básico, sem os nutrientes necessários. Senti o desejo de colocar ovos, pelo menos duas vezes na semana, por ser o mais barato, na alimentação dos orfanatos mais críticos. Compartilhando a ideia com uma amiga, fui incentivada a acrescentar os legumes e a sardinha também, porém precisávamos de recursos pra isso. Mas como servimos a Jeová Jireh, Deus Provedor! Já conseguimos fechar quatro orfanatos com essa alimentação até dezembro. Como Deus é perfeito e não faz nada pela metade, nos presenteou com vida da nutricionista, Dra. Fernanda Oliveira de Valença-RJ, que tem nos orientado nesse trabalho, colocando-se à disposição para nos ajudar mesmo de longe, acompanhando as crianças e elaborando os cardápios para os orfanatos. Seguimos orando para que Deus levante mais ofertantes para fecharmos os outros quatro orfanatos e que consigamos vencer a desnutrição.
Grandes coisas o Senhor tem feito por nós! E isso tem nos deixado muito alegre. Temos visto os feitos do Senhor e vivido também a união que o Salmo 133.1 fala: “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!”, com os missionários brasileiros, Eliel e Haydée Gonçalves e Rosimeri Francisco, da Junta de Missões Batista. Eles estão aqui há alguns anos e nos receberam e nos acolheram muito bem, e tem nos ajudado nas dificuldades encontradas no dia a dia. Tivemos um tempo de comunhão em sua base, que foi muito bom e agradável. E também visitei uma escola que eles trabalham, fui conhecer e participar do trabalho de formação e capacitação dos professores que a mis. Rosimeri coordena. Foi maravilhoso! Essas visitas têm me ajudado a conhecer de perto o sistema de ensino daqui.
É com o coração cheio de gratidão a Deus e aos irmãos que termino essa carta, e agradeço a todos que tem orado por nós, que tem orado e apoiado o trabalho e os projetos que estão sendo realizados aqui. Que Deus siga abençoando a cada um.

Pedidos de Oração
• Pela minha família;
• Pela minha igreja;
• Pela saúde do corpo e da alma;
• Pela aprendizagem e proficiência da língua (Kreyòl);
• Pelo projeto da aula de música;
• Pelo projeto de combate à desnutrição;
• Pelo permis sejour (visto de um ano);
• Pela paz no país.

Mis. Leilcia

APOIE A MISSÃO DESAFIO

Entre em contato com a Missão Desafio.